Faça vc mesmoInglês com Mairo VergaraPOR QUE 99% DOS DETALHES NÃO IMPORTAM PRATICAMENTE NADA

POR QUE 99% DOS DETALHES NÃO IMPORTAM PRATICAMENTE NADA

Relacionados

Olá, pessoal! Aqui é o Mairo Vergara com mais uma dica de inglês. E hoje, eu vou falar sobre a big Picture, ou seja, a visão geral e/ou global. Eu estava lendo um livro muito legal Essentialism, em português O Essencialismo, de Gref Mckeown.

Neste livro, começou-se a falar sobre a “figura grande”, que seria a visão global. Isso acontece quando você olha uma situação de maneira ampla, sem ficar neurótico focando apenas nos detalhes. Mas por que eu estou falando isso? Porque isso é muito importante no aprendizado de inglês.

Foque-se na visão panorâmica

Vou dar um exemplo de forma mais didática: você vai aprender a seguinte frase em inglês “If I Were you i would study every day”. Você tem duas formas de abordar essa frase: a visão panorâmica ou a visão detalhista. Se você adotar a visão panorâmica, que eu recomendo, vai pegar o “If I Were You” e o que isso quer dizer? Se eu fosse você. Aprendeu a estrutura? Entendeu? É muito fácil.

I would Study. Eu estudaria. Simples assim. Para terminar: every day, que significa todos os dias. São três estruturas que você pode aprender muito fácil e já pode começar a estudar e entender que a frase significa: se eu fosse você eu estudaria todo dia.

Não tem detalhe e não tem nenhuma dúvida. Você pegou o inglês que não sabia, aprendeu e já está dominando. Você está focando na visão panorâmica. Qual é a essência desta frase? Ela tem um sentido e foi usada para se comunicar. Esta é a big picture, o caminho recomendado.

Evite a visão detalhista

Mas, tem gente que não vai por este caminho e se foca nos detalhes. A pessoa fica presa a todos os conceitos que aprendeu na escola e acha que a estrutura não faz sentido a primeira vista.

Então, ele vai pesquisar e descobre que esta frase se encaixa no modo subjuntivo do inglês. Porque essa é uma situação hipotética e que muda a estrutura. Você se aprofunda em todas as regras, estruturas e motivos gramaticais para compreender porque é If i were you e não If i was you.

Nem todo mundo vai questionar isso, mas este é um exemplo de não enxergar a big picture. Você pensa no Would como o verbo modal e que modifica a sentença. A partir dai, a pessoa pensa em todos os casos para expressar outros significativos e se foca demais no detalhes.

Detalhes gramaticais não são úteis no aprendizado de inglês?

Essa abordagem é totalmente não big picture. Mas, será que essa gramática toda não é útil para o aprendizado? Até ajuda se você quer virar um gramático ou um professor especialista na língua, desde que não ensine tudo isso para os alunos.

Mas para 99% das pessoas que querem aprender inglês para se comunicar essa abordagem detalhista não funciona e não se torna eficiente. Você começa a fazer um esforço para aprender um caso que não é tão importante. Saber usar, entender é isso que importa, não apenas os detalhes.

Atenha-se ao essencial

Moral da história? Sempre procure pela visão geral, o panorama, ver de cima e tudo o que importa. Pare de focar nos detalhes. Mais para frente isso tudo até pode fazer a diferença, mas no começo do estudo (quando você ainda não consegue se comunicar) não foque nos detalhes. Procure o essencial, o que vai fazer a diferença nos seus estudos.

ASSINE O CANAL: ➤http:www.youtube.com/user/MairoVergara?sub_confirmation=1

VISITE O SITE: ➤http:www.mairovergara.com/

CURTA A FANPAGE: ➤https:www.facebook.com/mairovergara2

ID do video> 3UGOrVQpVas
FONTE-Duração do video:6:53



Faça vc mesmo-POR QUE 99% DOS DETALHES NÃO IMPORTAM PRATICAMENTE NADA

Relacionados

Relacionados