COMPRE TESLA COM BITCOIN | JEFF BEZOS E ELON MUSK NA CORRIDA ESPACIAL

#COMPRE #TESLA #BITCOIN #JEFF #BEZOS #ELON #MUSK #CORRIDA #ESPACIAL
𝗡𝗲𝘄𝘀𝗹𝗲𝘁𝘁𝗲𝗿 𝗱𝗮 𝗧𝗵𝗲 𝗖𝗼𝗺𝗽𝗮𝘀𝘀: link➤https:bit.ly/3tW3Nki [E-mail diário com notícias GRATUITO]
00:00 – Plantão JN todo sábado 10:00
00:14 – Elon Musk confirma que Tesla aceitará Bitcoin
01:10 – Jeff Bezos vs. Elon Musk na corrida espacial
03:48 – Nova disputa entre XP e Itaú chega aos cartões
05:58 – Brasil tem o pior desempenho em meio a pandemia.
———————————-
Agora você pode comprar um Tesla com Bitcoin!

Como já era de se esperar após Elon Musk comprar US$1,5 bi em bitcoins, o fundador da empresa movimentou a internet com o seu Twitter: “Agora você pode comprar um Tesla com Bitcoin”. ⠀

Musk também confirmou que o Bitcoin será mantido como Bitcoin, ou seja, não será convertido para outros tipos de moeda. ⠀

Apesar de autor da frase ter forte influencia sobre efeito causado, o contexto também chama atenção, pois mostra como as criptomoedas tem ganhado cada vez mais espaço no mercado. Inclusive na semana passada, trouxemos aqui uma noticia sobre o aumento do número de caixas eletrônicos nos EUA compatíveis com o Bitcoin.

Bom, o fato é que juntando os dois (Elon + Bitcoin), o resultado foi de uma nova alta de 4,86%, fazendo com que a criptomoeda chegasse a atingir o valor de US$ 57 mil naquele mesmo dia.

Agora ela já desvalorizou um pouquinho. No momento da gravação desse vídeo, o Bitcoin está cotado em US$ 50 mil, aproximadamente R$ 289 mil.

Comenta aqui em baixo qual o seu patrimônio em Bitcoin que eu quero saber quem está rico!
———————————-
Elon Musk e Jeff Bezos estão travando uma batalha por espaço… no espaço. A SpaceX e a Amazon estão disputando o direito de povoar uma certa faixa da órbita da Terra com satélites.

A razão? Internet. As duas companhias querem se estabelecer como líderes neste novo mercado.

A SpaceX já lançou mais de 1.000 satélites em órbita para fortalecer a Starlink, uma rede de satélites capazes de entregar internet rápida e estável até as zonas mais remotas dos Estados Unidos, onde o serviço é testado. O ambicioso projeto da Starlink envolve no total mais de 12.000 satélites em operação.

A treta é que a Amazon também planeja entrar de cabeça nesse negócio. ⠀

A companhia estima que o mercado de internet via satélite possa gerar em torno de US$ 30 bilhões de dólares em receita por ano, e por isso já trabalha para elevar a competição no espaço.

A Amazon planeja, através de seu Projeto Kuiper, lançar em torno de 3.236 satélites em baixa órbita. E a batalha espacial com o pessoal da SpaceX começa por aí.⠀

Acontece que a SpaceX vem buscando autorização para reduzir a altitude de seus satélites em órbita, o que para a companhia melhoraria os serviços prestados pela Starlink.⠀

A Amazon logo puxou seu sabre de luz, e tenta impedir que essa autorização seja dada à SpaceX.⠀

A companhia alega que esta alteração é uma tentativa do grupo de Elon Musk em atrapalhar o desenvolvimento do Projeto Kuiper, lançando satélites em possível rota de colisão com os seus e aumentando a interferência entre sinais.⠀

Elon Musk tuitou em resposta:“ De nada serve ao público atrapalhar a Starlink hoje por um satélite da Amazon que na melhor das hipóteses está a anos de entrar em operação.”⠀
———————————-
Bom se nos EUA temos Musk x Bezos aqui no Brasil temos XP x Itaú.


A internet foi mais uma vez a o palco para uma nova briga entre XP e Itaú. Dessa vez sobrou até para o LinkedIn, que serviu de ringue para o combate.⠀

Tudo começou com um post de Guilherme Benchimol criticando o serviço de milhagens e o quão, de fato, é benéfico para o consumidor.⠀No final do discurso, o agora ex CEO da Xp apresentou o novo cartão da XP,com o diferencial que ao invés de milhas, proporciona o que a XP chama de “Investback”, parte do dinheiro usado em uma compra volta para você poder investir. ⠀

O cartão não possui anuidade e suas taxas de juros são 50% menores do que dos concorrentes.⠀Isso não é publi mas que fique bem claro que estou esperando o meu cartão chegar, viu XP??

Bom, mas voltando a briga..⠀

Obviamente, o Itaú não poderia ficar sem responder e Carlos Formigari, atual CEO do banco, respondeu ao post do Benchimol, iniciando o texto com a seguinte frase: ⠀

“A desinformação é um dos grandes problemas dos tempos atuais…” ⠀,
Ao que tudo indica, a indireta é uma crítica ao cálculo matemático usado por Benchimol para argumentar o seu ponto e defendeu os benefícios do serviço de milhagens.

Ficou por isso mesmo? Claro que não!!

Guilherme Benchimol posteriormente publicou outro texto dizendo que o Brasil é referência mundial na cobrança de altas taxas de juros nos cartões e que os benefícios dos cartões acabam não se materializando para o consumidor.

Concluiu, convidando todos os concorrentes a acabarem com a anuidade, diminuírem as taxas de juros e proporcionarem benefícios os quais o cliente possa escolher como usar o dinheiro. Dessa vez, não teve colete =/


FONTEDuração do vídeo: 00:09:00

Axtudohttps://www.axtudo.com/
“Solidários, seremos união. Separados uns dos outros seremos pontos de vista. Juntos, alcançaremos a realização de nossos propósitos.” (Bezerra de Menezes)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha carregando ...

Top de Hoje