Análise da linha de carga em circuitos BJT

Até agora, estudamos a análise BJT que depende do nível de β em seus pontos operacionais correspondentes (ponto Q). Nesta discussão, veremos como as condições de um determinado circuito podem ajudar a determinar a faixa possível de pontos operacionais ou pontos Q e estabelecer o ponto Q real.

O que é análise de linha de carga?

Em qualquer sistema eletrônico, a carga aplicada em um dispositivo semicondutor geralmente produz um impacto significativo no ponto de operação ou região de operação de um dispositivo.

Se uma análise for realizada através de um desenho gráfico, poderíamos traçar uma linha reta através das características do dispositivo para estabelecer a carga aplicada. A interseção da linha de carga com as características do dispositivo pode ser usada para determinar o ponto de operação ou o ponto Q do dispositivo. Esse tipo de análise é, por razões aparentes, conhecido como análise de linha de carga.

Como implementar a análise da linha de carga

O circuito mostrado na figura 4.11 (a) a seguir determina uma equação de saída que fornece um relacionamento entre as variáveis ​​IC e VCE, como mostrado abaixo:

VCE = VCC – CICV (4.12)


Alternativamente, as características de saída do transistor, como mostrado no diagrama (b) acima, também fornecem a relação entre as duas variáveis ​​IC e VCE.

Basicamente, isso nos ajuda a obter uma equação baseada em um diagrama de circuitos e uma variedade de características por meio de uma representação gráfica que trabalha com variáveis ​​semelhantes.

O resultado comum dos dois é estabelecido quando as restrições definidas por eles são cumpridas simultaneamente.

Como alternativa, isso pode ser entendido como soluções que são obtidas a partir de duas equações simultâneas, onde uma é configurada com a ajuda do diagrama de circuitos, enquanto a outra é baseada nas características da folha de dados do BJT.

Na figura 4.11b, podemos ver as características IC vs VCE do BJT; portanto, agora podemos sobrepor uma linha reta descrita pela equação (4.12) nas características.

O método mais fácil de rastrear a Eq. (4.12) em recursos pode ser feito usando a regra de que qualquer linha reta é determinada por dois pontos distintos.

Ao selecionar IC = 0mA, descobrimos que o eixo horizontal se torna a linha em que um dos pontos assume sua posição.


Também substituindo IC = 0mA na equação (4.12) obtemos:

Isso determina um dos pontos para a linha reta, conforme indicado na figura 4.12 abaixo:

Agora, se escolhermos VCE = 0V, isso definirá o eixo vertical como a linha em que nosso segundo ponto assume sua posição. Com essa situação, agora podemos descobrir que o IC pode ser avaliado usando a seguinte equação.

o que pode ser visto claramente na figura 4.12.

Ao conectar os dois pontos, conforme determinado pelas equações. (4.13) e (4.14), uma linha reta estabelecida pela Equação 4.12 pode ser traçada.

Essa linha, como pode ser visto no gráfico da figura 4.12, é reconhecida como linha de carga já que é caracterizado pela resistência à carga RC.

Resolvendo o nível de IB estabelecido, o ponto Q real pode ser arranjado como mostra a Figura 4.12

Se variarmos a magnitude do IB variando o valor de RB, descobrimos que o ponto Q se move para cima ou para baixo através da linha de carga, como mostra a Figura 4.13.


Se mantivermos um VCC constante e alterar apenas o valor de RC, descobrimos que a linha de carga muda conforme indicado na figura 4.14.

Se mantivermos o IB constante, descobrimos que o ponto Q muda de posição, conforme indicado na mesma figura 4.14. E se mantivermos a RC constante e variar apenas o VCC, vemos que a linha de carga se move como mostrado na figura 4.15

Resolvendo um exemplo prático de análise de linha de carga

Referência: https://en.wikipedia.org/wiki/Load_line_(electronics)



FONTE

Nota: Este foi traduzido do Inglês para português (auto)

Pode conter erros de tradução

Olá, se tiver algum erro de tradução (AUTO), falta de link para download etc…

Veja na FONTE até ser revisado o post.

Status (Não Revisado)

Se tiver algum erro coloque nos comentários

Mas se gostou compartilhe!!!



Veja mais

Axtudo
Axtudohttps://www.axtudo.com/
“Solidários, seremos união. Separados uns dos outros seremos pontos de vista. Juntos, alcançaremos a realização de nossos propósitos.” (Bezerra de Menezes)

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha *Limite de tempo excedido. Por favor, complete o captcha mais uma vez.

Compartilhe


Últimos Posts

8 GADGETS QUE VÃO DEIXAR SUA VIDA MAIS FÁCIL

Vídeo - Para questoes relacionadas a direitos autorais, entre em contato conosco: [email protected] BRAIN TIME ► link➤https:goo.gl/1F9h4w 1. EM3-Stellar link➤https:www.kickstarter.com/projects/427680735/em3-stellar-the-lightest-4k-mixed-reality-glasses 2. ONE Mini link➤https:youtu.be/Bj-lFJg6Ma4 link➤https:www.youtube.com/channel/UC23nILZoVAqWC2tW_AOapbg 3. Volkswagen’s Mobile Charging Robot link➤https:youtu.be/Fk_j1m7ck0c link➤https:youtu.be/yMC1H__xL3Y link➤https:www.youtube.com/channel/UCJxMw5IralIBLLr0RYVrikw 4. KardiaMobile link➤https:youtu.be/ra4zgv1Pkzc link➤https:youtu.be/muCn3bXrr9Q link➤https:www.youtube.com/channel/UCTzMADJtLlnR3wHFvJs7hIw 5....

Ainda vale a pena fazer planos para o Ano...

Vídeo - link➤https:arata.se/novoanonovo Ano após ano após ano essa rotina se repete. Por isso é que surge a dúvida: será que ainda vale a...

Crocantes e suculentos: essas 6 receitas vão fazer você...

Vídeo - 6 receitas de rocamboles celestiais para você ganhar o máximo de sabor. Você provavelmente conhece alguma receita de rocambole, principalmente se ela for...