Transforme sua vidaOlá, Ciência!DOENÇA DE CHAGAS E O AÇAÍ : O QUE NUNCA TE...

DOENÇA DE CHAGAS E O AÇAÍ : O QUE NUNCA TE CONTARAM

Ver Mais

Como a Doença de Chagas é transmitida? Muitos pensam que só o barbeiro é que transmite. Mas hoje, sabemos que mais de 70% dos casos de Doença de Chagas acontecem por causa da ingestão de alimentos contaminados com o parasita.

Nesse vídeo, eu vou te contar o que nunca te contaram sobre a Doença de Chagas e o Açaí. O Açaí é realmente um vilão? O que faz com que o Açaí vá para o topo da lista de alimentos com risco de transmissão da Doença de Chagas? E mais: você vai conhecer um pouco da história de Carlos Chagas, que descobriu tudo sobre a Doença de Chagas no início do século XIX.

00:00 Introdução
00:41 A Doença de Chagas
03:12 Como passamos a comer parasitas
04:17 O vilão é o açaí?
05:54 Como o açaí é contaminado
07:33 Medidas de prevenção

Direção e Apresentação: Lucas Zanandrez
Roteiro: Nathália Werneck e Lucas Zanandrez
Edição: Vinícius Marangon

Contato Comercial: olacienciacontato@gmail.com

CORREÇÃO 1 (13/07/2021): Falamos que o açaí deve passar por pasteurização para ser consumido. Mas também pode ser feito o branqueamento. De acordo com a Instrução Normativa n°37 do MAPA: O fruto açaí deve ser submetido a processo tecnológico adequado com aplicação de calor para a inativação de enzimas e diminuição da carga microbiológica, como processo de branqueamento do fruto a no mínimo 80°C por dez segundos e processo de pasteurização do açaí a no mínimo 80 °C por dez segundos.

CORREÇÃO 2 (13/07/2021): No vídeo falamos que a transmissão do parasita Trypanosoma cruzi ocorre através dos insetos conhecidos popularmente aqui no Brasil como barbeiros da espécie Triatoma infestans. Porém, esses parasitas podem ser transmitidos por qualquer um das 150 espécies de barbeiros já descritas pelo mundo. No Brasil, existem 67 espécies de barbeiros e a importância delas vai variar de acordo com sua distribuição, preferência alimentar e adaptação ao meio artificial.

Antigamente, o Triatoma infestans era a principal espécie de barbeiro no Brasil. Porém, ela não é uma espécie nativa do nosso país. Devido a isso e também às ações de controle do nosso país foi possível reduzir consideravelmente a presença dessa espécie. Hoje nossa preocupação é com as outras 67 que também têm importância epidemiológica em nosso país.

Mais informações:

Atlas das espécies de barbeiros no Brasil: http://www.fiocruz.br/ioc/media/atlas_triatomineos_edicao_2015.pdf
Eliminação T. infestans no Brasil: https://www.researchgate.net/publication/245848732_Eliminacao_da_transmissao_da_doenca_de_Chagas_pelo_Triatoma_infestans_no_Brasil_um_fato_historico

#DOENÇA #CHAGAS #AÇAÍ #NUNCA #CONTARAM


FONTE
Duração do vídeo: 00:08:56

Transforme sua vidaOlá, Ciência!DOENÇA DE CHAGAS E O AÇAÍ : O QUE NUNCA TE CONTARAM

Top de Hoje

Veja mais

AllEscortAllEscort